Armar o menino


Podem encontrar um presépio tradicional do Algarve na biblioteca da ES Tomás Cabreira em Faro, situação que se verifica em outras bibliotecas da mesma cidade.

Trata-se da representação de uma tradição do Barrocal Algarvio, onde era hábito ornamentar o trono com laranjas. Ao lado do presépio colocam-se também cachos de laranjas dependurados na parede.
Na zona marítima de Olhão, nas primeiras décadas do século XX, as searinhas estavam dentro das latas de conserva de sardinha.

Mais fotos e continuação do texto no site da biblioteca.