O rio da minha biblioteca

O Tejo é mais belo que o rio que corre pela minha aldeia,
Mas o Tejo não é mais belo que o rio que corre pela minha aldeia
Porque o Tejo não é o rio que corre pela minha aldeia.
(Fernando Pessoa - XX POEMA - Guardador de Rebanhos de Alberto Caeiro)
A biblioteca da Eb2,3 Castro Marim é a fonte de um rio, em mais uma intervenção artística arrojada e que não deixa ninguém indiferente.